Granola: será que engorda? Descubra aqui!

Você que tem dúvida se a granola engorda, acalme-se! A Tia Sônia responde: sim, a granola pode contribuir no ganho de peso! Vamos saber o porquê?

Tudo em excesso pode fazer mal

Até a nossa querida granola! Apesar dela ser muito relacionada a uma rotina mais leve – como nas dietas, a granola também pode estar relacionada ao ganho de peso.

Para entender, é necessário saber do que a granola é feita. No geral, ela é uma mistura de vários componentes, como aveia, farelo de trigo, gérmen de trigo, floco de arroz e floco de milho, amendoim, linhaça, uva passa, banana e outros. Esses componentes fazem com que ela seja rica em fibras que ajudam o metabolismo em inúmeros aspectos, mas, quando consumida em excesso, pode ser prejudicial devido às calorias e o tipo de açúcar da sua composição.

Dessa forma, elaboramos um pequeno guia de como evitar alguns possíveis fatores que fazem com que a granola seja uma das causas do seu ganho de peso.

Qual é a quantidade recomendada?

Se comer granola de forma exagerada é prejudicial, qual é a quantidade recomendada? Para os adultos saudáveis que possuem uma dieta de até 2.000 kcal, recomenda-se a ingestão de até 3 colheres de sopa por dia. Isso porque, como já mencionamos, a granola é fonte de carboidratos – substâncias que, quando encontradas em excesso no organismo, são um dos principais fatores para o ganho de peso.

Essa nota reforça a fala da Professora Ana Lúcia do Amaral Vendramini, Coordenadora do Curso de Engenharia de Alimentos da Universidade Federal do Rio de Janeiro, em uma matéria publicada na mesma instituição, a qual relata que, numa dieta voltada especificamente ao emagrecimento, a granola não deve ser utilizada devido ao seu alto índice calórico dos carboidratos e lipídios.

Mas se você gosta de uma granolinha de manhã, assim como a gente, não tem problema, viu? É só ingerir a quantidade e o produto certo para o seu caso. Assim, você tem tudo para usufruir todos os benefícios que ela oferece – e o melhor, sem se preocupar em engordar ou não.

Como evitar a granola com açúcar?

É possível? É sim! Isso porque, atualmente, existem 6 tipos de granola: Tradicional, Light, Zero açúcar, Low carb, Orgânica e Sem Glúten. Então, se você está considerando perder peso, é necessário olhar nos rótulos e fugir do açúcar.

Para isso, elaboramos um pequeno resumo de quatro dos seis tipos de granola que podem influenciar no ganho de peso. Dessa forma, você conseguirá identificar e escolher a melhor opção para você! Olha só:

  • Granola Tradicional: entre os itens que fazem parte da tradicional estão os flocos (aveia, arroz, milho, etc.), os adoçantes, que podem ser mel, açúcar, açúcar mascavo e até melaço de cana, e as frutas desidratadas que não podem faltar;
  • Granola Light: a Light é similar à granola tradicional, mas com uma menor taxa de gordura (pode chegar até 60% menos). Ainda assim, os níveis de fibras e proteínas são os mesmos e também há a adição de açúcar;
  • Granola Zero Açúcar: é também similar às granolas tradicionais e light, mas sem um componente: o açúcar. O produto é muito indicado para as pessoas que possuem diabetes e também para quem gostaria de perder peso;
  • Granola Low Carb: o que será diferente nesse tipo de granola é a escolha dos ingredientes. Ocorrerá uma substituição dos produtos para que ela continue sendo proteica, mas com menos (ou sem) carboidratos.

Agora que você está por dentro do assunto, é hora de desfrutar dos benefícios da granola, que vão desde o controle da diabetes até a prevenção de câncer! Bacana não é mesmo? Assim, a Tia Sônia convida você a saber mais sobre os benefícios da granola conferindo nosso post os 10 benefícios e informações da granola. Te vejo por lá!

Veja nosso post sobre os beneficios da granola!

Powered by E-Com Plus