GANHE 🎁 BRINDE E FRETE GRÁTIS

Granola: benefícios, informações nutricionais e mais!

A granola é uma ótima companheira na alimentação saudável que acompanha a rotina de pessoas ao redor de todo o mundo. Com a combinação perfeita de frutas desidratadas, flocos de aveia, gergelim, tapioca, flocos de milho, castanha de caju, entre outros ingredientes que variam de uma receita para outra, esse mix de grãos e cereais oferece os nutrientes necessários, e com muito sabor, para quem tem uma vida ativa!

Além disso, a granola pode compor algumas refeições, sendo prato principal ou até mesmo um complemento em sobremesas. Rica em proteínas e fibras, ela também promove saciedade por ter ingredientes que ajudam nesse controle de apetite.

Esses são só alguns dos benefícios da granola e, para que você tire suas dúvidas sobre esse alimento tão popular e saudável, a Tia Sônia preparou este conteúdo para te explicar 10 vantagens em consumir esse alimento, explicando para que ele serve, quais os tipos existentes, entre outras dúvidas!

10 Benefícios da granola para a saúde e o dia a dia

Para começar, vamos aos benefícios que a granola, essenciais para entender por que ela merece entrar na sua dieta:

1. Possui nutrientes que fornecem mais energia para o corpo

Por ser criada a partir de alimentos naturais, a granola oferece minerais como ferro, vitaminas, como B1, B2, B3, B6, B7, bem como magnésio, fósforo, zinco, cobre e selênio. Esses nutrientes são necessários para o bom funcionamento do organismo. Por isso, o consumo constante do mix promove mais energia e disposição no seu dia.

O ferro, por exemplo, atua na produção de hemoglobina, a célula sanguínea que carrega o O2 pelo sangue, sendo que o oxigênio é um elemento indispensável no processo de sintetização dos alimentos, para aproveitar a energia presente neles.

2. Auxilia na prevenção do Câncer

Consumindo-a regularmente, você reduz o risco de desenvolver vários tipos de câncer, como câncer de mama, estômago, pâncreas, intestino e próstata, entre outros (Fonte: INCA).

As vitaminas do complexo B, a vitamina E, o manganês e o ômega 3 presentes na granola, ajudam a combater os danos causados pelos radicais livres. As fibras, por sua vez, ajudam na prevenção do câncer de intestino, pois inibem a multiplicação das bactérias ruins que produzem substâncias tóxicas e potencialmente cancerígenas.

3. Fortalece o coração e vasos sanguíneos

Doenças como hipertensão, diabetes e obesidade estão entre as principais causas de morte no mundo todo e a granola pode ajudar a combater os fatores de risco das doenças do coração e infarto devido à presença de ingredientes ricos em fibras provenientes dos cereais e farelos que compõem a sua receita.

Outras substâncias antioxidantes, como o ômega 3 presente nas castanhas, também ajudam nesse processo.

4. Facilita o funcionamento do intestino

As fibras presentes nesse alimento estimulam o trânsito intestinal e a eliminação dos resíduos tóxicos. Além disso, as frutas desidratadas, flocos de aveia, gergelim, tapioca, flocos de milho e castanha de caju, ingredientes comuns em muitos desses mixes, são responsáveis por esse trabalho intestinal.

Dica extra: consuma a granola com algum líquido (iogurte, leite, etc.), isso ajuda a prevenir e a combater a prisão de ventre.

5. Pode prevenir e controlar a diabetes

Mais uma vez as fibras se destacam: elas contribuem para a redução do risco do desenvolvimento da diabetes. Elas atuam na redução da velocidade de absorção do açúcar proveniente dos alimentos, o que evita que as taxas de glicose no sangue fiquem muito elevadas depois de uma refeição.

6. Ajuda na perda de peso

As fibras, ainda, proporcionam a sensação de saciedade ao corpo para ajudar a evitar o impulso de ingestão de alimentos. Mas é importante saber escolher a granola certa, pois algumas contém grande quantidade de açúcar e, ao invés de auxiliar no processo de emagrecimento, só irão atrapalhar.

Você encontra opções low carb, light e sem glúten que podem ser consumidas desde que sejam adequadas para a sua necessidade energética.

7. Auxilia na redução do colesterol ruim (LDL)

Os ingredientes presentes na granola, além de desacelerar a absorção da glicose, também diminuem a taxa de absorção das gorduras e, ainda, favorecem a sua eliminação.

8. Fortalece a saúde do cérebro

Em nosso sistema nervoso existe uma membrana (Bainha de Mielina) que protege os neurônios e permite a transmissão das mensagens entre eles. A vitamina E e o ômega 3 protegem essa membrana e ajudam a prevenir doenças degenerativas, como Alzheimer, Parkison e Esclerose Lateral Amiotrófica (Fonte: SCIELO) e esses nutrientes estão presentes na granola.

9. É uma delícia crocante que engana a mente

A crocância da granola possibilita "enganar" o cérebro para substituir a vontade de comer snacks industrializados, que normalmente são carregados de sódio e lipídios. Sabe aquela vontade de comer um salgadinho? A dica é comer uma porçãozinha de granola, que pode ser combinada com outro alimento crocante.

10. Oferece diversas opções de consumo

A granola é um alimento super versátil que permite diversas combinações. Entretanto, deve-se ter cuidado e atenção para não consumi-la com alimentos ricos em açúcar ou sódio, pois, dessa forma, invalidará todos os benefícios que citamos anteriormente.

Agora que você já conhece todas as vantagens da granola para sua saúde, chegou a hora de tirar algumas dúvidas muito comuns sobre esse alimento:

Granola é saudável?

A granola é um alimento saudável, mas a forma de preparo e os ingredientes presentes nela podem alterar essa condição. Como ela se trata de um mix de grãos, cereais e frutas desidratadas diversas, no geral, é rica em nutrientes indispensáveis para a vida saudável.

No entanto, algumas granolas que você encontra no mercado trazem muito açúcar e gordura, o que acaba comprometendo a qualidade do alimento, além de conservantes e aromatizantes. Para garantir que você consuma um alimento realmente saudável, sempre confira o rótulo do produto e priorize as que são adoçadas de forma mais natural ou opções de granola sem açúcar.

Quais são os tipos de granola?

Existem 6 tipos de granola mais comuns:

Como e quando consumir granola?

A granola pode ser consumida de diversas formas e quando você quiser, sendo uma excelente opção para café da manhã e lanches. Entre as dicas de como comer granola, vamos citar algumas que adoramos:

  • Granola com iogurte: no café da manhã;
  • Granola com açaí ou sorvete: prefira as sem açúcar, na sobremesa;
  • Granola na farofa: fica crocante e dá um toque adocicado dependendo dos ingredientes, ótimo para o almoço ou jantar combinada com outro prato;
  • Granola com frutas: para qualquer momento do dia;
  • Granola com mel: também é uma ótima forma de consumir em uma dieta.

As granolas podem ser consumidas antes dos treinos, pois agregam energia para dar ainda mais disposição durante suas atividades. Aposte também em um café da manhã saudável unindo granola, frutas e iogurte para um equilíbrio perfeito.

Para quem não está na dieta e quer continuar recebendo os nutrientes que esse alimento proporciona, as opções com açúcar são ideais para compor sobremesas, bolos e tortas, além dos cookies e outras receitas criativas e saudáveis.

Essas são apenas algumas dúvidas super comuns a respeito desse alimento nutritivo e saboroso que tanto gostamos, mas, aqui no blog da Tia Sônia, temos um post completo com perguntas e respostas sobre a granola, vale a pena conferir!

E então, o que achou dessas informações? Para conhecer outros conteúdos relacionados à granola e a uma alimentação saudável com rotina ativa, continue acompanhando o blog da Tia Sônia. Até o próximo post!

Powered by E-Com Plus